sexta-feira, 28 de novembro de 2008

1000 Fita


Trago para vocês uma sugestão de leitura de HQ; logo sairá à revista 1000 Fita. Ferréz e Alexandre de Maio são os idealizadores do projeto e posso garantir que o trabalho é dos bons. Nas antigas algumas histórias saiam na revista Rap Brasil; não lembro quem era o roteirista e ilustrador, mas o trabalho era bom, faz muitos anos que não compro a revista e já não sei se os quadrinhos continuam. Faltava um projeto desta magnitude, afinal, as metrópoles brasileiras são uma verdadeira Gothan City de crimes.

Bom, para quem não conhece o Ferréz posso dizer que o cara fincou os pés em sua realidade e resolveu fazer alguma coisa; foi um dos críticos de Luciano Huck quando ladrões roubaram seu relógio. Li uma entrevista dele na Revista do Brasil, o endereço está aqui: http://www.revistadobrasil.net/rdb18/capa.htm. Atualmente ele está envolvido em vários projetos interessantes, vale a pena dar uma passada no blog do cara e conferir, o endereço é este: http://ferrez.blogspot.com/

O blog dele será acompanhado pelo meu para que você aproveite as notícias.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Zone Internationale

video

Jubiabá em Hq


Livro de Jorge Amado ganha agora uma versão em Hq. Jubiabá foi escrito em 1935 e retrata a vida de Antonio Balduíno da infância à idade adulta. Antonio Balduíno torna-se um líder sindical e reflete os ideais de Jorge Amado - na época um militante do Partido Comunista. O nome Jubiabá refere-se ao Pai-de-Santo Jubiabá que acompanha as duas fases da vida de Antonio Balduíno. Vale destacar que Jorge Amado nessa época já era ogã (protetor) no camdomblé.
Spacca é o ilustrador, o site do cabra está aqui: http://www.spacca.com.br/
Vale a pena lembrar que esse não é o primeiro livro de Jorge Amado lançado em quadrinhos, ainda na década de cinqüenta o seu livro Terras do sem fim ganhou essa adaptação.

Uma viagem ilustrada pela Alemanha

Ah! Vejam a informação lá no site do josé Aguiar...hoje não estou com próposito!

http://joseaguiar.com.br/

Ah! E antes que eu esqueça o site do cara também está ao lado.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Somos campeões, mas nada de festa!


Alguns conhecidos não entendem o motivo de um paranaense torcer por um time de São Paulo, pois bem, vou tentar explicar um pouco meu contexto de vida. Quando deixei de lado as novelas e comecei a vibrar com o futebol já contava com uma idade avançada. Não tive um incentivo paternal quanto a esse negócio, a primeira vez que pisei num estádio já era homem feito, com barba na cara e tudo. Nunca esqueci aquele reboliço transmitido aos quatro ventos quando um time de preto branco ergueu o caneco nacional, me senti um pouco participante daquela festa. O nome Corinthians também teve uma influência sobre minha escolha, sempre gostei de nomes complicados. Outro fator preponderante é que os times do eixo Rio-São Paulo influenciavam nossas cabeças bem mais que os times da capital paranaense, torcer pelo coritiba, atlético etc., era coisa de curitibano, nós interioranos torcíamos pelo Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos etc.

Uma boa explicação!

Campeão Brasileiro Série B: decidi não comemorar esse título, o Corinthians é muito mais que isso!

Vou continuar de olho na Série C e B e rezar o quanto puder para que o pó-de-arroz tropece no Figueirense e leve uma bucha do Vasco e Fluminense, e claro, que o Grêmio ganhe do Coxa e do Ipatinga. Flamengo e Palmeiras vão se arrebentar no meio.

Fico na torcida pela volta do Guarani a 2° Divisão; e a volta do Bragantino para a 1°. Torço muito para que o Paraná Clube e o Criciúma não caiam para a 3°, e que a máscara do Vila Nova caia de uma vez.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Briga na Série C e B

Estamos no fim do Campeonato Brasileiro e, infelizmente, alguns ainda acham que o Campeonato Brasileiro é tão somente a Primeira Divisão, engano. Essa postura da mídia e de alguns blogueiros é injusta, e por causa dessa injustiça hoje o Guarani caiu nas páginas do esquecimento. O bugre campineiro está na fase final da terceira divisão, na qual a disputa está acirradíssima, confira a tabela: http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/2008/seriec/grupo29.jhtm

A segunda divisão não fica por menos - tirando o Corinthians (campeão), e o Avaí que dificilmente não subirá - outros cinco times estão na disputa pelas duas últimas vagas - Vila Nova, Santo André, Grêmio Barueri, Bragantino e Juventude fazem uma grande peleja. Confira a tabela de classificação: http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/2008/serieb/classificacao.jhtm