quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Trecho de Hell Blazer



Para quem não sabe Hell Blazer é o Hq de John Constantine. Logo sairá Constantine II; vejam que o protagonista do filme não tem muita coisa a ver com o do Hq.

sábado, 20 de dezembro de 2008

Parabéns Dona Eclética


Esse blog daqui alguns dias irá fazer aniversário, portanto, gostaria de contar como ele nasceu.

A idéia foi minha, alias na época eu estava com muitas idéias. Tenho grande estima por esse blog por que foi a única idéia que prosperou. As outras idéias consistiam numa revista mensal e uma história em quadrinho. Percebi que a revista era insustentável financeiramente e, em tempos tão globais, até desnecessária. A história em quadrinho está em pé; o roteiro está em construção, mas não consegui uma parceria com um desenhista. Fui atrás, mas a má vontade (ou preguiça) por parte do desenhista (meu primo) falou mais alto. Esses projetos viriam à tona com a criação da Sociedade Prima. Essa sociedade seria composta por estudantes das mais diversificadas áreas a fim de construir - dentro da especialização de cada um –, textos, opiniões etc.

Seria uma espécie de Bucha Paulista.

O blog foi a única coisa que sobrou dessas idéias. A Sociedade Prima acabou depois de três reuniões.
Parabéns ao Empório Dona Eclética e a este blogueiro, o qual dá um boi para não entrar numa briga, mas uma boiada para não sair.

domingo, 7 de dezembro de 2008

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

1000 Fita


Trago para vocês uma sugestão de leitura de HQ; logo sairá à revista 1000 Fita. Ferréz e Alexandre de Maio são os idealizadores do projeto e posso garantir que o trabalho é dos bons. Nas antigas algumas histórias saiam na revista Rap Brasil; não lembro quem era o roteirista e ilustrador, mas o trabalho era bom, faz muitos anos que não compro a revista e já não sei se os quadrinhos continuam. Faltava um projeto desta magnitude, afinal, as metrópoles brasileiras são uma verdadeira Gothan City de crimes.

Bom, para quem não conhece o Ferréz posso dizer que o cara fincou os pés em sua realidade e resolveu fazer alguma coisa; foi um dos críticos de Luciano Huck quando ladrões roubaram seu relógio. Li uma entrevista dele na Revista do Brasil, o endereço está aqui: http://www.revistadobrasil.net/rdb18/capa.htm. Atualmente ele está envolvido em vários projetos interessantes, vale a pena dar uma passada no blog do cara e conferir, o endereço é este: http://ferrez.blogspot.com/

O blog dele será acompanhado pelo meu para que você aproveite as notícias.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Zone Internationale

video

Jubiabá em Hq


Livro de Jorge Amado ganha agora uma versão em Hq. Jubiabá foi escrito em 1935 e retrata a vida de Antonio Balduíno da infância à idade adulta. Antonio Balduíno torna-se um líder sindical e reflete os ideais de Jorge Amado - na época um militante do Partido Comunista. O nome Jubiabá refere-se ao Pai-de-Santo Jubiabá que acompanha as duas fases da vida de Antonio Balduíno. Vale destacar que Jorge Amado nessa época já era ogã (protetor) no camdomblé.
Spacca é o ilustrador, o site do cabra está aqui: http://www.spacca.com.br/
Vale a pena lembrar que esse não é o primeiro livro de Jorge Amado lançado em quadrinhos, ainda na década de cinqüenta o seu livro Terras do sem fim ganhou essa adaptação.

Uma viagem ilustrada pela Alemanha

Ah! Vejam a informação lá no site do josé Aguiar...hoje não estou com próposito!

http://joseaguiar.com.br/

Ah! E antes que eu esqueça o site do cara também está ao lado.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Somos campeões, mas nada de festa!


Alguns conhecidos não entendem o motivo de um paranaense torcer por um time de São Paulo, pois bem, vou tentar explicar um pouco meu contexto de vida. Quando deixei de lado as novelas e comecei a vibrar com o futebol já contava com uma idade avançada. Não tive um incentivo paternal quanto a esse negócio, a primeira vez que pisei num estádio já era homem feito, com barba na cara e tudo. Nunca esqueci aquele reboliço transmitido aos quatro ventos quando um time de preto branco ergueu o caneco nacional, me senti um pouco participante daquela festa. O nome Corinthians também teve uma influência sobre minha escolha, sempre gostei de nomes complicados. Outro fator preponderante é que os times do eixo Rio-São Paulo influenciavam nossas cabeças bem mais que os times da capital paranaense, torcer pelo coritiba, atlético etc., era coisa de curitibano, nós interioranos torcíamos pelo Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos etc.

Uma boa explicação!

Campeão Brasileiro Série B: decidi não comemorar esse título, o Corinthians é muito mais que isso!

Vou continuar de olho na Série C e B e rezar o quanto puder para que o pó-de-arroz tropece no Figueirense e leve uma bucha do Vasco e Fluminense, e claro, que o Grêmio ganhe do Coxa e do Ipatinga. Flamengo e Palmeiras vão se arrebentar no meio.

Fico na torcida pela volta do Guarani a 2° Divisão; e a volta do Bragantino para a 1°. Torço muito para que o Paraná Clube e o Criciúma não caiam para a 3°, e que a máscara do Vila Nova caia de uma vez.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Briga na Série C e B

Estamos no fim do Campeonato Brasileiro e, infelizmente, alguns ainda acham que o Campeonato Brasileiro é tão somente a Primeira Divisão, engano. Essa postura da mídia e de alguns blogueiros é injusta, e por causa dessa injustiça hoje o Guarani caiu nas páginas do esquecimento. O bugre campineiro está na fase final da terceira divisão, na qual a disputa está acirradíssima, confira a tabela: http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/2008/seriec/grupo29.jhtm

A segunda divisão não fica por menos - tirando o Corinthians (campeão), e o Avaí que dificilmente não subirá - outros cinco times estão na disputa pelas duas últimas vagas - Vila Nova, Santo André, Grêmio Barueri, Bragantino e Juventude fazem uma grande peleja. Confira a tabela de classificação: http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/2008/serieb/classificacao.jhtm

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

A quase falência de meus palpites

Não sou um bom palpiteiro e sei o motivo, palpito com o desejo. Os bons palpiteiros são pragmáticos, pensam muito, são calculistas. Eu, imbuído do espírito latino, escrevo mais com o coração; e, por isso, meus palpites, na maioria das vezes não dão certo.

Esse ano eu não acompanhei o Brasileirão da série A, está muito fraco aquele campeonato, bom mesmo é o Brasileirão da série B. Dei meus palpites no início do campeonato e agora percebo que vou acertar pouco. Em minha opinião os clubes que subiriam a Série A seriam: Corinthians (campeão) Paraná Clube, Bragantino e Criciúma (não necessariamente nesta ordem). Justifico esse palpite. Apostei no Corinthians porque é meu time de coração e a primeira divisão não é nada sem o Timão. Apostei no Paraná Clube porque é um time que joga muito bem a série B (já provou isso duas vezes se não estou enganado), ademais, o futebol paranaense precisa de representatividade nacional e quantos mais times na primeira divisão melhor. Apostei no Bragantino porque torci muito por ele no campeonato brasileiro de 1991, infelizmente os bambis levantaram o caneco, também pudera seria o terceiro vice-campeonato. E, por fim, escolhi o time do Criciúma porque é um clube e uma torcida de primeira divisão, é de dar dó ver a decadência de um clube como esse.

O Corinthians já está na Série A e volta com fome de bola (até agora foi o único palpite certo). O Paraná Clube começou muito mal o campeonato, não fosse isso estaria na briga. O Bragantino ainda tem chances, mas depois de uma seqüência de vitórias, começou uma seqüência de derrotas e agora tem que torcer contra o Juventude (no qual baixou um santo) e contra o quarto colocado. O Criciúma é o pior time dos meus palpites, cisca o rebaixamento. Por incrível que pareça estava fazendo uma campanha medíocre, se melhorasse a campanha na reta final poderia garimpar uma vaga a Série A. Mas fazer o quê, o futebol não é feito de “se”, mas de bola na rede.

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Prêmio Fnac Novos Talentos


A Fnac deste ano premiou desenhistas, e três curitibanos estiveram entre os dez finalistas, são eles: André Figueiredo, Luendey Maciel e Thiago Augusto. Dentre estes, dois levaram o 1° e o 2° lugar. Prêmio justo para os desenhistas e confirma Curitiba como a cidade da Gibiteca. O primeiro desenho é de Thiago Augusto - que esteve entre os dez finalistas. O segundo desenho é de Luendey Maciel - 2° colocado. O terceiro desenho é de André Figueiredo - 1° lugar.
O melhor desenhista que conheço no Paraná atende pelo apelido de Clau (meu primo), pena que o cara sumiu do mapa.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Toquinho para crianças

Um desenhinho para as crianças (atrasado como sempre).
video

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Casa-Grande & Senzala em Hq



Escrevi em outro post um pouco sobre livro de Franklin Távora em quadrinhos e, antes que alguns pensem que essa idéia é totalmente nova, vale salientar que o livro Casa-Grande & Senzala de Gilberto Freyre, ainda na década de oitenta recebeu uma versão em Hq. O desenhista era Ivan Wasth, que morreu em dezembro de 2007.
Acima alguns desenhos.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Chove

Dia chuvoso é dia de imaginação solta pelos cantos da casa. Aviõezinhos de papel, sapinhos, girafinhas e borboletas em origâmis mal feitos. É dia de musica negra do Alabama, de Toquinho, talvez Cazuza. É dia de devaneio; é dia de esperança, esperança de a chuva passar, do sol aparecer e da pipa voar.
Dia de chuva é dia de brincar com os primos; de quebrar a tigela da avó; de roubar as revistas do tio; é dia de ouvir histórias - contar mentiras, inventar causos e anedotas - , ler livros de contos que já foram rabiscados quando éramos menores. Dia chuvoso é dia de assistir filmes antigos e de ver fotos da infância, de cair na cama e dormir.
São dias nostálgicos; dias patéticos; dias socialistas. Dias em que os sentimentos afloram (são dias de amor), de paixão, de saudade, é dia de dormir à tarde, de dormir agarradinho; é dia feliz; é dia cinza.
É dia de escrever ensaios sobre a vida.

O Cabeleira em Hq



O livro "O Cabeleira" de Franklin Távora ganhou versão em Hq, o desenhista é Allan Alex.

Cadernos Afetivos

Achei interessante a idéia da blogueira, alías meu irmão tinha uma idéia parecida, só que a arte seria em camisetas.
Dêem uma olhada no blog dela.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Sinos

Há poucos dias atrás li uma crônica do Eduardo Galeano; a crônica era sobre sua personagem Juana e intitulada “Juana aos Dezesseis”, lembro que a crônica falava de certo sino conhecido por seus tantos toques diferenciados quando do manuseio certo do sineiro; era um famoso sino, porém ocorreu que certa vez o sino tocou alegremente madrugada adentro numa composição de sons que ninguém conhecia e todo o povo acordou para ver o que estava ocorrendo. Logo o padre foi ver o que estava acontecendo e quem estava tocando o sino assim loucamente, por fim descobriu que o sino tocava por conta própria, no mesmo instante convocou o Santo Ofício e este por sua vez declarou o sino sem valor; o calou, mandando-o para o exílio no México.

Esse pequeno trecho da crônica do Eduardo Galeano remeteu-me a consideração (certamente onde o autor queria chegar) em que supõe que todos sejamos sinos manipulados pelo sineiro (sistema, elite, burguesia dominante, mídia etc.), ou seja, literalmente dançamos, mas não tocamos a música, e quando isso acaba de modo diferente, acabamos tocando por nós mesmos. Quando deixamos de ser manipulados por mãos e mentes alheias passamos a ser inconcebíveis com o sistema vigente e assim somos convidados a nos retirarmos, da mesma maneira que o sino foi mandado para longe ou, como nos tempos da Ditadura Militar, exilados. Hoje, porém, normalmente somos apenas isolados, postos de lado.

A crônica pode ser bem contextualizada ao nosso cotidiano, pois ainda somos como sinos, manipulados por alguém e quando alcançamos as poucas chances existentes de tocarmos por conta própria, somos imprudentemente levantados como rebeldes de um sistema que para muitos está maravilhoso. Pra finalizar deixo uma frase que conheci há algum tempo atrás, que também pertence ao Eduardo Galeano:
“A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar”.

Postado por Rafael J. R. Silva


Rolando a Pelota

Li uma crônica do Armando Nogueira escrita na década de 60 e pude perceber quanto o futebol mudou. Como muitos, ando altamente desanimado com nossa seleção (até queria que ela fosse representar a Argentina nos próximos jogos). Mas, como ia falando de seleção, Armando Nogueira indubitavelmente teria de falar de Pelé, e nessa parte abro um parêntese para falar das recentes contratações trilionárias que ocorrem hoje por parte de clubes europeus atrás de nossos pupilos jogadores em busca de dinheiro, mulher e Ferrari. Bem essas contratações cheias de zero faz com que nossos jogadores representem bem seus clubes no exterior, porém são verdadeiras porcarias jogando na seleção brasileira; deixam claro com isso que a seleção não representa algo financeiramente importante a eles, o peso da camisa já não existe mais e o que mais pesa no momento é o símbolo da Nike. Provavelmente acabou o tempo do amor à camisa, do amor à seleção, o que resta é o amor ao dinheiro e um bom patrocínio. Muitos estão se perguntando onde ficou a crônica do Armando Nogueira que citei acima, bem é que me sinto realmente muito indignado com o que vem acontecendo com a joça de futebol do Ronaldo gaúcho, do Ronalducho e daquele Robinho e, quando li essa crônica, o Armando Nogueira falava sobre Pelé no museu de som e imagem no Rio na década de 60. Pelé deu uma entrevista e falou muito sobre futebol (Armando Nogueira lembra que Pelé e futebol são sinônimos). Pelé contou sobre os convites para jogar fora, pelas tentativas da Espanha e da Itália em levá-lo por quantias suntuosas, no que ele respondendo que não joga por necessidade material e por isso não aceitou os convites, apenas respondeu a gravação do Museu do Som e Imagem que preferia jogar no Brasil por que: “Aqui estão os meus amigos, aqui está minha família, esta é a minha pátria, onde nasci e espero morrer”.
Postado por Rafael J.R Silva

domingo, 31 de agosto de 2008

Antalgia

Dor que a cada dia dilacera os sentimentos de solidariedade humana, dores de parto, dores de abortos, dores de picadas na veia, para curar a dor de outra doença ou para aliviar as dores da vida, dores de cabeça por falta de comida ou por falta de amor, compreensão ou apenas por falta de uma mão, dor de cotovelo pela incapacidade, intransigência, incompetência, dores visíveis, dores invisíveis, dores incompartilhadas, dores de arrependimento, dores que a todo o momento nos tiram a paz e nos deixam incapazes de levantarmos e seguirmos a qualquer lugar que seja, dores do passado ainda recente, dores físicas ou sentimentais, sempre dores, sempre amargas e disciplinadoras, dores fantasiosas, dores surreais, dores profundas e artificiais, sempre dores, dores que nem sempre combatemos.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Férias

Queridos leitores estarei em férias a partir de hoje, portanto, só após essas merecidas férias voltarei a escrever. Contudo, prometo trazer umas fotos legais.

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Pequim 2008

A maior festa esportiva do planeta! A maior confraternização entre nações!

Essas são as manchetes dos jornais, porém, em cada olimpíada a competição extravasa o âmbito esportivo e acaba assumindo muitas das vezes o xenofobismo, as disputas políticas e outras querelas. A Olimpíada de Berlim em 1936 ficou marcada pelas teorias sobre a supremacia racial ariana do Regime Nazista. Na Olimpíada de Munique em 1972 houve um ato terrorista do grupo denominado Setembro Negro; durante a Guerra-fria houve boicote dos EUA aos jogos olímpicos de Moscou em 1980 e em 1984 a vez foi do bloco socialista boicotar as olimpíadas de Los Angeles.

Algumas manifestações políticas, religiosas e raciais já marcaram a Olimpíada de Pequim. Tibetanos e muçulmanos reivindicam territórios independentes e atletas de vários países aderiram pró-reivindicação. A delegação olímpica estadunidense optou nesta quarta-feira nomear o sudanês Lopez Lomong, cidadão dos EUA desde 2007, como porta-bandeira do país na cerimônia de abertura. É uma crítica clara contra o governo chinês que mantêm relações econômicas com o Sudão – país acusado de fazer “vistas grossas” ao genocídio em Darfur.

Alguns ciclistas estadunidenses chegaram a Pequim usando máscaras, uma crítica à poluição. Estranho que, se a China é o país que mais polui o planeta os EUA estão logo em seguida. Mas isso vale ser discutido em outro post.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

terça-feira, 29 de julho de 2008

Os desafinados

Visitei o blog do professor André o página de cultura e lá encontrei o vídeo do filme Os desafinados. Você pode conferir lá ou aqui, pois agora sou um traficante de cultura.


video

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Algumas considerações sobre Batman - o cavaleiro das trevas


Começo esta crítica dizendo que Gothan City perdeu seu charme desde Batman Eternamente; antes as gangues e máfias mantinham os negócios na surdina e negociavam na calada da noite. Agora tudo está sendo feito à luz do dia e, convenhamos, o dia não merece destaque em Gotham City.
Outra infelicidade é a expressão do xenofobismo estadunidense - presente na maioria dos filmes. Dent diz mais ou menos a seguinte frase após um bandido tentar matá-lo: essa arma é chinesa, se você quiser matar um americano deve usar uma arma americana. Claro, a indústria de armas dos EUA deve ter derramado milhões pelo merchandising.
Batman está um pouco melhor comparado aos três primeiros filmes, mas ainda está aquém do grande morcego dos hq’s. Esse é um problema típico que ocorre também nos demais super-heróis, exceto o Homem-Aranha, nenhum ator conseguiu estudar suficientemente a psicologia da personagem. Nesse quesito aqueles que interpretam anti-heróis estão à frente, como por exemplo: Wolverine e Vingador.
Vale destacar que os dois últimos filmes são os melhores justamente porque não trazem o Batman como o “melhor” frente às gangues. Em outros filmes Batman têm Gotham City sob controle, mesmo com máfias e lunáticos Gotham é o status quo padrão de uma cidade grande: mocinhos e bandidos, bem e mal, enfim, toda essa baboseira dualista.Os dois últimos filmes mostraram bem as distinções entre Batman e os demais heróis. Ele é humano, portanto, sem poder alienígina; não fosse seu dinheiro e sua influência social combinados à sua genialidade cairia fácil nas mãos dos inimigos e Gotham sucumbiria.
Antes que alguns desavisados estranhem o surgimento do vilão Duas-Caras divergindo um pouco do então representado por Tommy Lee Jones em Batman Eternamente, vale dizer que a maioria dos Hq’s não são séries e sim histórias de roteiristas diferentes, por isso, cada um dá sua contribuição imaginativa. Já o filme, esse sim, começa a tomar um rumo de série: apresentou desde o Begins o Espantalho, a gênese de Batman e o prenúncio do Coringa. No Cavaleiro das Trevas o Espantalho aparece novamente, o cavaleiro branco de Gothan torna-se o Duas-Caras e Gordon é designado comissário.
Pois bem, diante dessas considerações uma última deve ser feita: Heather Ledge merece um prêmio post-mortem, pois comprendeu perfeitamente a psicologia da personagem Coringa. Em minha opinão Coringa é maior vilão criado nas Hq’s e, claro, o mais difícil de ser interpretado. Coringa é anarquista e um filósofo da cultura, mas claro os não iniciados nas hq's o chamam pejorativamente de psicopata. Todos os valores de Batman ou de seu alter-ego Bruce Wayne ele menospreza, tais como: dinheiro, civilidade, justiça, nacionalismo etc., tudo isso é colocado em xeque pelo Coringa. Num momento hilário ele queima milhões de dólares em oposição à ânsia estadunidense em ganhar o primeiro milhão. Fantástico!.
Heather Ledger seria perfeito no clássico dos quadrinhos Piada Mortal escrito por Alan Moore, no qual o Coringa deixa Bárbara Gondon (Batgirl) paraplégica, para mim essa é a melhor história de Batman. É uma pena que Heather Ledge esteja morto, dúvido muito que outros atores consigam levar aos filmes o Coringa em todo seu esplendor.

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Corinthians 2x2 Ceará

video

Aprendi uma mágica com um colega do trabalho, agora meus vídeos serão colocados diretamente na minha página.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Studio Progettare

Arquitetura, design, interiores, visitem o site: http://www.studioprogettare.com.br/quem.asp

Versões de mim - Luiz Fernando Veríssimo

Vivemos cercados pelas nossas alternativas, pelo que podíamos ter sido.
Ah, se apenas tivéssemos acertado aquele número (unzinho e eu ganhava a sena acumulada), topado aquele emprego, completado aquele curso, chegado antes, chegado depois, dito sim, dito não, ido para Londrina, casado com a Doralice, feito aquele teste…
Agora mesmo neste bar imaginário em que estou bebendo para esquecer o que não fiz - aliás, o nome do bar é Imaginário - sentou um cara do meu lado direito e se apresentou:
- Eu sou você, se tivesse feito aquele teste no Botafogo
E ele tem mesmo a minha idade e a minha cara. E o mesmo desconsolo.
- Por que? Sua vida não foi melhor do que a minha?
- Durante um certo tempo, foi. Cheguei a titular. Cheguei a seleção. Fiz um grande contrato. Levava uma grande vida. Até que um dia..
- Eu sei, eu sei… disse alguém sentado ao lado dele.
Olhamos para o intrometido… Tinha a nossa idade e a nossa cara e não parecia mais feliz do que nós. Ele continuou:
- Você hesitou entre sair e não sair do gol. Não saiu, levou o único gol do jogo, caiu em desgraça, largou o futebol e foi ser um medíocre propagandista.
- Como é que você sabe?
- Eu sou você, se tivesse saído do gol. Não só peguei a bola como me mandei para o ataque com tanta perfeição que fizemos o gol da vitória. Fui considerado o herói do jogo. No jogo seguinte, hesitei entre me atirar nos pés de um atacante e não me atirar. Como era um herói, me tirei… Levei um chute na cabeça. Não pude ser mais nada. Nem propagandista. Ganho uma miséria do INSS e só faço isto: bebo e me queixo da vida. Se não tivesse ido nos pés do atacante…
Ele chutaria para fora. Quem falou foi o outro sósia nosso, ao lado dele, que em seguida se apresentou.
- Eu sou você se não tivesse ido naquela bola. Não faria diferença. Não seria gol. Minha carreira continuou. Fiquei cada vez mais famoso, e agora com fama de sortudo também. Fui vendido para o futebol europeu, por uma fábula. O primeiro goleiro brasileiro a ir jogar na Europa. Embarquei com festa no Rio…
- E o que aconteceu? perguntamos os três em uníssono.
- Lembra aquele avião da VARIG que caiu na chegada em Paris?
- Você…
- Morri com 28 anos.
- Bem que tínhamos notado sua palidez.
- Pensando bem, foi melhor não fazer aquele teste no Botafogo…
- E ter levado o chute na cabeça…
- Foi melhor, continuou, ter ido fazer o concurso para o serviço público naquele dia. Ah, se eu tivesse passado…
- Você deve estar brincando.
Disse alguém sentado a minha esquerda. Tinha a minha cara, mas parecia mais velho e desanimado.
- Quem é você?
- Eu sou você, se tivesse entrado para o serviço público.
Vi que todas as banquetas do bar à esquerda dele estavam ocupadas por versões de mim no serviço público, uma mais desiludida do que a outra. As conseqüências de anos de decisões erradas, alianças fracassadas, pequenas traições, promoções negadas e frustração. Olhei em volta. Eu lotava o bar. Todas as mesas estavam ocupadas por minhas alternativas e nenhuma parecia estar contente. Comentei com o barman que, no fim, quem estava com o melhor aspecto, ali, era eu mesmo. O barman fez que sim com a cabeça, tristemente. Só então notei que ele também tinha a minha cara, só com mais rugas.
- Quem é você?perguntei.
- Eu sou você, se tivesse casado com a Doralice.
- E..?
Ele não respondeu. Só fez um sinal, com o dedão virado para baixo…
Creio que a vida não é feita das decisões que você não toma, ou as atitudes que você não teve, mas sim, aquilo que foi feito!Se bom ou não, penso, é melhor viver do futuro que do passado!

terça-feira, 10 de junho de 2008

Chuck Berry e Curitiba Blues Jazz Festival

Chuck Berry tocará no Guairão no dia 20 de junho (sexta-feira) às 21h15 no Guairão. Os ingressos custarão R$280 (platéia), R$220,00 (1o balcão) e R$180 (2o balcão). Salgado o preço né?

E também está confirmada a realização da 1ª edição do Curitiba Blues Jazz Festival, que acontecerá de 11 a 13 de junho. O evento trará a cidade nomes como Léo Gandelman, Nuno Mindelis, Ari Borger, Bibba Chuqui e Idriss Boudrioua, além de inesperadas parcerias e participação de artistas locais, como Soulution Orchestra e Radyo Blues Band com Luiz Seman. A abertura está programada para o Teatro Fernanda Montenegro e nas outras noites haverá intensa programação nos bares Full Jazz, Hermes e Santa Marta.

Ingressos a 60 pila. Salgado o preço né?

Barueri 1x4 Corinthians

sexta-feira, 6 de junho de 2008

The last man

Ontem finalizei a leitura do Hq – The Last Man, que narra a história de um rapaz sobrevivente a uma praga de proporções mundiais que extermina todo macho, dando fim a sociedade patriarcal. Nos anos que seguintes Yorick Brown – o único homem - corre eminente perigo ante uma sociedade matriarcal com gangues de amazonas, feministas, exércitos etc. A revista teve sessenta edições, ou seja, cinco anos de publicação mensal. Algumas considerações merecem ser feitas.

Primeiramente, essas considerações partem de alguém que se apaixonou por quadrinhos há pouco tempo, acho que não li sequer um quadrinho em minha adolescência. No momento, sempre que sobra um tempo vou à gibiteca, ou na sessão de quadrinhos da BPP, mas ainda assim é pouco tempo diante de um universo de personagens e histórias.

Mesmo ainda novato, tive sorte em conhecer Bill Finger Alan Moore e Garth Ennis – para mim os melhores roteiristas. Portanto, para mim a história de Brian K. Vaughan perde o rumo na metade, pois ele transforma Yorick brown em um Straight Edge. Pelo menos essa é a impressão de quem conhece Batman, John Contastine e Frank Castle.

Quanto aos desenhos de Pia Guerra não vou falar muito, embora prefira o estilo de Bob Kane; aquele lance que somente Gothan City tem.

Quem baixou a primeira história que foi postada e gostou terá que pedir para o meu irmão Rafael, pois eu não irei mais postar as histórias.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Sobre o blog

Leitores e leitoras do Blog Brasilpaisdetodos – cultura, blá, blá, blá e, etc., provavelmente terei que mudar o layout do blog, pois algumas semanas atrás ele ficou desconfigurado. Ele não estava aceitando os links do Youtube (já resolvi o problema), e a barra de informações foi “jogada” para baixo (isso ainda não foi resolvido). Portanto, não fiquem surpresos se nos próximos dias o blog mudar em alguns aspectos.

Um abraço a todos!

terça-feira, 20 de maio de 2008

Simpósio Internacional sobre Teologia Pública na América Latina

No atual momento de repensar as prioridades na teologia e de enorme diversificação nas posturas ante os problemas levantados pela sociedade, a cidadania e o compromisso com a realidade continuam se impondo como temas fundamentais. Dentro da linha aberta pela Teologia da Libertação, a Teologia Pública vem se tornando um espaço de debate e aprofundamento sobre o lugar relevante da teologia na busca de um mundo mais solidário e justo. Teólogos e Teólogas em diferentes partes do mundo têm dado atenção a essa necessidade de pensar a participação política e a cidadania à luz de valores éticos e humanizantes, apontando para a relação inevitável entre fé e cidadania, objeto de uma teologia necessariamente pública. A partir de sua dimensão pública, a teologia interage de forma especial com a sociedade, a universidade, e a cultura e, por conseqüente, com os campos de saber que as estudam nelas atuam.

Data do Evento: 04/07/2008 a 07/07/2008
Local: Faculdades EST
Público AlvoProfessores(as), pesquisadores(as) e estudantes de teologia, filosofia, ciências sociais aplicadas e áreas afins, militantes da sociedade civil e lideranças em geral.

ObjetivosExplorar o conceito e as implicações de uma teologia pública na América Latina, ao mesmo tempo global e contextualizada.
Objetivos específicos:

Apresentar uma reflexão teórica concentrada sobre o conceito de teologia pública, em interação com outros campos de saber.
Explorar, em interação com outros contextos, nomeadamente a África do Sul, possibilidades de uma teologia pública crítico-construtiva.

Contribuir, no âmbito acadêmico, com recursos teológicos para o debate entre as ciências e a sociedade acerca de valores éticos a partir de uma religião específica, sem desconsiderar o caráter laico do estado e o pluralismo religioso vigente no país.
InscriçõesInvestimento:
Sem inscrição de Comunicação - R$ 60,00
Com inscrição de Comunicação - R$ 100,00Clique aqui para fazer a sua inscrição.

Mais InformaçõesComunicações científicas. As apresentações de comunicações serão realizadas dentro das 3 linhas temáticas, sob coordenação dos respectivos responsáveis:

Teologia e sociedade. Coord. MS Antonio Carlos Teles da Silva.
Teologia e Universidade. Coord. MS Ana Formoso Gallaraga.
Teologia e Cultura. Coord. Dr. Joe Marçal Filho.


Os resumos das comunicações deverão ser enviados junto com as inscrições até o dia 30 de maio de 2008, devendo constar de no máximo 20 linhas. A confirmação dos trabalhos selecionados será feita até o dia 20 de junho para confirmação das inscrições, e envio dos textos completos para publicação em CD.O processo de inscrição e envio dos resumos deverá ser feito pelo site através da ficha de inscrição.

Proposta inicial de programação (a confirmar).4 de julho de 2008, sexta-feira
09.00 Abertura solene: Prof. Dr. Oneide Bobsin, Reitor da Faculdades ESTProf. Dr. Marcelo Fernandes de Aquino, Reitor da UnisinosProf. Dr. Inácio Neutzling, Diretor do Instituto Humanitas, UnisinosProf. Dr. Rudolf von Sinner, Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da Faculdades EST.
10.00 Prof. Dr. Max Stackhouse, Princeton:“Public Theology in the 21st Century” (com tradução simultânea)
12.00 Almoço
14.00 Comunicações (responsável: Ms. Antonio Carlos Teles da Silva, EST).
16.00- 18.00Mesa-Redonda: Teologia e SociedadeProf. Dr. Nico Koopman, Stellenbosch/África do SulProf. Guillermo Steinfeld, ISEDET/ArgentinaProf.ª Dr.ª Catalina Romero, Universidade Católica, Lima/PeruModeração: Prof. Dr. Rudolf von Sinner, EST
18.30 Janta
19.30- Conferências: Teologia e Sociedade
20.30 Prof.ª Dr.ª Paula Montero, USP-SPProf. Dr. Luiz Carlos Susin, PUC-RS.5 de julho de 2008, sábado
08.30- 10.30Conferências: Teologia e UniversidadeProf. Dr. Marcelo Fernandes de Aquino, Reitor da Unisinos.
10.30 Cafézinho
11.00 Parceria de pesquisa – debate aberto
12.30 Almoço
14.00 Comunicações (responsável: Prof.ª Ms. Ana Formosa, Unisinos)
16.00- 18.00Mesa-Redonda: Teologia e Universidade.Prof. Dr. Érico João Hammes, PUC-RSProf. Dr. Lauri E. Wirth, UMESPProf. Dr. Júlio Paulo Tavares Zabatiero, FUV/ESTModeração: Prof. Dr. Valério G. Schaper, EST
19.00 Noite com janta típica6 de julho de 2008, domingomanhã livre, possibilidade de participação em cultos religiosos
12.30 Almoço
14.00 Comunicações (resp. Dr. Joe Marçal dos Santos, PUC-RS).
16.00- 18.00Mesa-Redonda: Teologia e CulturaProf. Dr. Leomar Brustolin, PUC-RSProf. Dr. Clint Le Bruyns, Stellenbosch UniversityProf. Dr. Roberto Ervino Zwetsch, ESTProf. Dr. Valério Schaper, ESTModeração: Prof. Dr. Júlio P. T. Zabatiero, FUV/EST
18.30 Janta.
19.30- Conferências: Teologia e Cultura
20.30 Prof. Dr. Carlos Steil, UFRGSProf.ª Dr.ª Graciela Chamorro, UFDourados7 de julho de 2008, segunda-feira.
8.30- Parceria de pesquisa – debate aberto
10.30 Cafézinho
11.00- Painel: Teologia pública: uma perspectiva globalProf. Dr. Max Stackhouse, Princeton.Prof. Dr. Inácio Neutzling, UnisinosProf. Dr. Nico Koopman, Stellenbosch.Prof.ª Dr.ª Catalina Romero, LimaModeração: Prof. Dr. Rudolf von Sinner, EST
12.30 Almoço
14.00 Lançamento do Instituto de Ética e Teologia Pública da Faculdades EST
16.00 Programa de visita à ação comunitária da EST e UNISINOS
Mais informações:Coordenação:
Prof. Dr. Rudolf von Sinner - Apoio: Grupo de Pesquisa Ética Teológica e Sociedade.Comitê Científico (comunicações):
Prof.ª Dr.ª Cleuza Andreatta
Prof. Dr. Júlio Paulo Tavares Zabatiero
Prof. Dr. Roberto Ervino Zwetsch
Prof. Dr. Valério Guilherme Schaper

Mais informações no site: http://www.unisinos.br/ihu/

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Gama 1 x 3 Corinthians

Vale a pena ver o Herrera jogar. Ele vai na bola como se fosse o último prato de comida no mundo.
Confira os gols no Youtube, clique aqui: http://www.youtube.com/watch?v=kdJJCsFkVQs

terça-feira, 13 de maio de 2008

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Tabela do Brasileirão Série B

Y: The Last Man 1


Link no titulo! É só clicar.

Corinthians 3 x 2 CRB

Começo hoje a postar os jogos do Corinthians na Série B; vamos acompanhar o timão rumo à primeira divisão: http://www.youtube.com/watch?v=i9zJ_C6oLe0

The last man



Estou postando os links do Hq The last man, semana após semana você poderá conferir aqui no blog a história do último homem da terra. O primeiro gibi está logo acima, é só baixar.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Apenas uma vez

Um filme irlândes que recomendo. Aquilo que estou escrevendo intitulado Curitibanidade não sofre influências desse filme pois ele está em cartaz esse mês no Unibanco Arteplex, enquanto Curitibanidade tem mais calos nas mãos. Confira o trailer no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=NZzoYxcBExU

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Na natureza selvagem

Uma crítica ao modo de vida Yuppie? Bem mais do que isso. Clique aqui para conferir o trailer: http://www.youtube.com/watch?v=0YBDpPIhEYo

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Homem de Ferro

Para os fãs de Hq's estou postando o trailer do filme Homem de Ferro, sua estréia é dia 02 de Maio, confira: http://www.youtube.com/watch?v=WhV_vArgu5o

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Match Point

Anteriormente mencionei esse filme, estou postando agora o trailer. O ponto alto do existencialismo de Woody Allen: justiça não existe, seja ela humana ou divina.

Dália Negra

Estou postando o trailer de um dos melhores filmes de suspense policial que já assisti, confira o trailer no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=dupyW8OwLqI

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Céu em Curitiba

Quem curte o som da cantora Céu poderá acompanhar sua apresentação em Curitiba no Teatro da Caixa nos dias 04,05 e 06. Mais informações sobre a sua agenda você poderá conferir em sua página pessoal no Myspace, seu URL é: http://www.myspace.com/ceuambulante.

Confira também seus videos nos Youtube: http://br.youtube.com/watch?v=HYc_g2eSX0U

quarta-feira, 26 de março de 2008

Sobre a literatura

Nos últimos quatro anos resolvi apreciar a literatura, minha experiência com a literatura não era nada boa, pois quando tinha onze anos peguei na biblioteca da escola o livro: Os lusíadas, de Camões; não consegui passar dos primeiros dez capítulos. O interessante que o gosto pela literatura nasceu quando cursava teologia em meio à leitura de inúmeros tratados de teologia e filosofia.

Sempre li sem a preocupação de ao final fazer um julgamento sobre a obra, uma resenha para a faculdade, ou algo parecido, todavia, como escrevo nesse blog desde 2006 fique o dito pelo não dito e a medida do possível irei tecer alguns comentários sobre alguns livros.

segunda-feira, 17 de março de 2008

Tears in Heaven

Eu coloquei na barra de vídeos, alguns dos meus preferidos, todavia, a mudança é lenta, por isso, coloco aqui o URL do vídeo, é só clicar e você assitirá ele no site Youtube.

Os primeiros vídeos são Eric Clapton, clique aqui http://www.youtube.com/watch?v=VRsJlAJvOSM

wonderful tonight

Mais uma música de Eric Clapton http://www.youtube.com/watch?v=Yekz__cCci0

terça-feira, 11 de março de 2008

Batman - O Cavaleiro das Trevas


Dia 18 de Julho é a estréia mundial de Batman – O Cavaleiro das Trevas. Entre umas e outras especulações está à aparição de Duas-Caras, no entanto, isso são cogitações, visto que o único vilão que aparece no trailer é o Coringa. Para quem ainda não viu o Trailer vale a pena conferir, clique aqui http://www.youtube.com/watch?v=CW43UPykK4Y

sexta-feira, 7 de março de 2008

Medicina para os ricos

Em matéria do jornal Gazeta do povo do dia 20 de Fevereiro de 2008, a Associação Médica do Paraná (AMP) entrou na justiça a fim de impedir a criação de novos cursos de medicina no Estado. A decisão foi tomada após o Ministério da Educação (MEC) autorizar a criação de um curso de medicina na Faculdade Assis Gurgacz (FAG) em Cascavel. A AMP alega que não faltam médicos no Paraná, mas sim, existe uma má distribuição deles. Segundo eles, dos 16.260 médicos do Estado, 7.640 se concentram em Curitiba. Os médicos alegam dificuldades de trabalho nas pequenas cidades, contudo, o problema não é somente esse. Segundo o secretario geral da Associação de Municípios do Paraná, Gabriel Samaha, os cursos de medicina não estão formando profissionais para atenderem no sistema público, disse ele: “vivemos o modelo de uma pequena elite, em que os médicos preferem estar nos grandes centros”.

Trabalhei em 2005 no Programa da Saúde da Família (PSF) em uma cidadezinha da Região Metropolitana de Curitiba gerenciando o sistema de armazenamento de dados sobre as famílias cadastradas no programa e, embora os salários oferecidos para os médicos do PSF fossem altos eram poucos os interessados. A maioria dos formados estão preparados psicologicamente e financeiramente para atender a uma clientela mais elitizada. Não querem ouvir gente reclamando da Urça (úlcera) ou, ouvir um matuto dizer que está com a “doença braba” (câncer).

No Brasil o curso de medicina é um caminho para poucos.
Sugestão de leitura: Microfísica do Poder, de Michel Foucault.


quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Pré-milenistas e Pós-milenistas e as missões cristãs

Duas vertentes teológicas surgem decorrentes do paradigma missionário, um grupo denominado de pré-milenaristas e outro de pós-milenaristas. A ênfase do primeiro grupo era a necessidade de evangelizar o mundo rapidamente antes que Cristo voltasse. Criam eles que esse evangelismo em massa aceleraria a sua vinda, enquanto que sinais de catástrofes seguiriam como prelúdio do fim. Essas motivações encontraram grande aceitação entre os grupos oriundos dos reavivamentos - embora o ensinamento de grande parte dos nomes que estiveram à frente dos reavivamentos destoasse grandemente da teologia dos pré-milenaristas. O outro grupo estava um pouco mais preocupado com a vida do indivíduo e não apenas com a alma. Assim propunha uma melhoria na condição de vida da sociedade oferecendo alternativas viáveis para que a justiça social ecoasse nas missões. Os dois grupos tiveram suas dificuldades, enquanto os pré-milenaristas mostravam uma indiferença ao homem como um ser que precisa de condições básicas para a sobrevivência, como: acesso as condições de saúde, alimentação, socialização etc. Os pós-milenaristas por sua vez preocupados apenas com um evangelho social fizeram de Jesus Cristo o Redentor, apenas um bom mestre, um amigo, no máximo um gênio espiritual, porém, a percepção soteriológica Dele quase foi esquecida. Desse grupo surgiu a teologia difundida na América Latina chamada de Teologia da Libertação, que foi tanto uma resposta à teologia do Norte, que muitas das vezes ficava pasmada com a realidade tão pobre da América Latina – porém, sem um esforço em diminuir esse abismo que os separava - quanto um chamado aos teólogos liberais para que estes estivessem a frente de um árduo trabalho. Esse espantoso fenômeno protestante denominado missão é bastante complexo, devem ser considerados vários fatores, mas dificilmente nega-se que o espírito do empreendimento e iniciativa gerado pelo iluminismo desempenhou um papel importante na gênese da idéia das sociedades missionárias e em sua surpreendente proliferação posterior.